A menos de 80 dias do início do ano lectivo, nem o concurso de privatização foi lançado

Até posso aceitar que se defenda a privatização dos infantários da Segurança Social. Não concordo, mas posso aceitar.
Até poderia admitir que as novas entidades gestoras prefiram ter a sua equipa educativa em vez de uma equipa herdada da Segurança Social. Não concordo, mas poderia admitir.
O que para mim é completamente intolerável é que tudo se faça em cima do joelho e que este processo vá prejudicar, acima de tudo, as nossas crianças. Não admito nem aceito que, a menos de 80 dias do início do novo ano lectivo, ainda nem sequer tenha aberto o concurso de privatização e se vá mudar tudo – entidade gestora, direcção, funcionários – em cima da hora.
Qual é a entidade? Qual vai ser a sua estrutura orgânica? Qual será o Projecto Educativo? Como vai funcionar?
É escandaloso que se faça tudo desta forma. Ao ponto de se admitir contratar pessoal exterior em regime de outsourcing se a transferência não estiver concluída, como se sabe que não vai estar, a 1 de Setembro.
Para lutar contra tudo isto, está criada uma Página no Facebook para lutar contra o despedimento colectivo de mais de mil educadores e auxiliares especializados em 25 infantários da Segurança Social em todo o país.
São eles o Centro Infantil de Aveiro, o Centro Infantil de Santa Maria da Feira, o Infantário de Alcains, o Infantário de Castelo Branco I, o Infantário de Castelo Branco II, o Infantário de Cebolais de Cima, o Infantário da Covilhã III, o Infantário de Teixoso, o Infantário de Tortozendo, o Centro Infantil de Pevidém, o Infantário de Manteigas, o Infantário de Santa Eulália, o Infantário de Santo António, o Internato de Santo António, o CBES de Baixa da Banheira, o Centro Infantil de Alcácer do Sal, o Centro Infantil de Costa da Caparica, o Centro Infantil do Lavradio, o Centro Infantil de Setúbal I, o Centro Infantil de Sines, o CBES do Laranjeiro, o Centro Infantil Abrigo dos Pequeninos, o Centro Infantil de Crestuma, o Centro Infantil de Santo Tirso e o Centro Infantil de Valbom.
Porque todos somos poucos na luta contra um atentado social que atinge mais de mil famílias e que põe em causa o futuro das nossas crianças, urge divulgar esta causa.

Anúncios

Sobre Ricardo Ferreira Pinto

ricardosantospinto@gmail.com
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s